fbpx
Escolha uma Página
Higuita: conheça a história de um dos goleiros mais polêmicos da história do futebol
rené-higuita

Hoje vamos conhecer um pouco da biografia de um goleiro que divertiu muita gente quando jogava. O colombiano Higuita era uma figura dentro e fora do campo, conhecido por seu estilo arriscado e destemido de jogar.

Roupas coloridas, cabelos exóticos e jogadas malucas fizeram parte da carreira desse craque que inovou o jogo com sua irreverência.

José René Higuita Zapata

Higuita nasceu em 27 de agosto de 1966, na cidade de Medelim. Logo ganhou o apelido de El Loco por suas saídas de bola e jogadas performáticas no gol.

O jogador já fazia sucesso na Colômbia no final da década de 80, mas o mundo veio a conhecer Higuita na Copa do Mundo FIFA de 1990, na Itália.

Ele foi o pioneiro em siar jogando com a bola e também em participar de jogadas de ataque na área do adversário.  A IFFHS classificou Higuita como o 8º melhor goleiro da história do futebol na América do Sul.

O ponto alto da carreira do atleta foi a defesa com o chute escorpião, jogada que virou sua marca registrada e pela qual o colombiano é lembrado até hoje.

O palco da façanha foi o tradicional estádio de Wembley.

 Em vez de fazer uma defesa clássica com as mãos, o colombiano pulou para frente e jogou as pernas para trás e para o alto, exatamente como um ataque de escorpião. A jogada impediu um gol de Jamie Redknapp, durante um amistoso contra a Inglaterra.

Carreira Profissional

Rene Higuita jogou a maior parte de sua carreira no Atlético Nacional, da Colômbia. Lá ajudou a equipe a vencer a Liga colombiana diversas vezes, bem como a Copa Libertadores e a Copa Interamericana, ambas em 1989.

Ele se aposentou e voltou a jogar algumas vezes na sua carreira. Mas acabou pendurando as luvas e as chuteiras em 2010, com 43 anos.

Higuita marcou 44 gols na sua carreira, sendo 3 deles pela seleção colombiana.

Polêmicas dentro e fora de campo

Um dos maiores erros de Higuita dentro de campo aconteceu na Copa de 1990. A Colômbia tinha umas das melhores seleções de todos os tempos e estava nas oitavas de final.

 O goleiro colombiano foi sair com a bola, e tentar driblar o talentoso camaronês Roger Milla. A jogada acabou dando errado, e resultou no gol que eliminou os sul-africanos.

 Este erro rendeu até ameaças de morte para o goleiro e o resto do time na sua terra natal.

Prisão e suspensão da Copa de 1994

Higuita foi preso em 1993 após participar em uma negociação de sequestro. O goleiro serviu de moderador para os mega traficantes Pablo Escobar e Carlos Molina. Higuita foi o responsável pela libertação da filha de Molina, entregando para os capangas de Pablo o dinheiro do resgate.

O jogador recebeu US $ 64.000 pela participação nas negociações, o que é considerado um crime pela lei colombiana.

Ele ficou preso por sete meses, mas acabou antes sendo libertado sem acusações oficiais.

Pelo tempo que tinha passado na prisão, Higuita não pode participar da Copa do Mundo FIFA de 1994, nos Estados Unidos.

Leia também

20 anos sem Didi

20 anos sem Didi

Dia 12 de Maio, há vinte anos, o futebol brasileiro perdia um de seus maiores nomes. Waldir Pereira, mais conhecido...

Quem foi Garrincha?

Quem foi Garrincha?

Pergunta difícil para responder em algumas palavras.  Manoel Francisco dos Santos, mais conhecido como Mané Garrinha,...