fbpx
Escolha uma Página
A história dos álbuns de figurinha de futebol
história-dos-albuns-de-figurinha-futebol

O brasileiro coleciona figurinhas desde o século passado. Em 1900, surgiu o primeiro álbum. Uma tabacaria lançou uma coleção de figurinhas com bandeiras de diversos países para incentivar a venda do seu produto. Este hábito acabou virando moda no mundo corporativo.

O esporte chegou ao nicho com as famosas balas de futebol, que acabaram trazendo o público infanto-juvenil para o negócio.

Panini revoluciona o mercado

Em 19661, dois irmãos italianos donos de uma banca de jornal, fundaram a Panini.  O local foi construído para ser uma central de distribuição de jornais, mas acabou virando uma fábrica de figurinhas.

Um dos principais nomes nas figurinhas da copa, e detentora da maioria dos direitos, a Panini é até hoje a líder do mercado. A empresa italiana lucra em média 650 milhões de euros por ano.

Álbuns de futebol no Brasil

O primeiro álbum de futebol no Brasil chegou em 1950, na fatídica copa realizada no nosso país. Patrocinado pelas balas futebol, a edição fez sucesso imediato.

Mesmo com a derrota da seleção para o Uruguai na final, o álbum virou febre entre os jovens.

A próxima moda foram as chapinhas de ouro. Uma esfera metálica e fina que vinha estampa com diversos temas, inclusive o futebol. O problema do lançamento da Editora Dimensão Cultural era o peso das chapinhas. O álbum ao ficar completo tinha suas páginas naturalmente despedaçadas.

Figurinhas Ping Pong

Um álbum que não poderia ficar de fora é o da Copa de 1982, patrocinado pela marca de chicletes Ping Pong. Os cromos não podiam ser comprados em bancas, as crianças tinham que comprar o chiclete com a figurinha.

Foram vendidos 600 mil álbuns na época, e hoje em dia uma edição completa vale uma fortuna na mão de colecionadores.

Campeonato Brasileiro

Não só de Copa do Mundo vivem os álbuns de figurinha. Em 1989, surgiu o primeiro álbum do Campeonato Brasileiro em parceria da editora Abril com a Panini.

A própria Abril tinha lançando um álbum em 1977, com mais de 60 times, e tinha feito o álbum da Copa União, em 1987.

Em 1994 a Abril deixou a parceria do álbum, que é produzido pela Panini até hoje.

Leia também

20 anos sem Didi

20 anos sem Didi

Dia 12 de Maio, há vinte anos, o futebol brasileiro perdia um de seus maiores nomes. Waldir Pereira, mais conhecido...

Quem foi Garrincha?

Quem foi Garrincha?

Pergunta difícil para responder em algumas palavras.  Manoel Francisco dos Santos, mais conhecido como Mané Garrinha,...