fbpx
Escolha uma Página
Brasileiro Feminino 2021 chega a sua fase final. Conheça as artilheiras aqui!
quartas-de-final-brasileiro-feminino

O Brasileirão Feminino está chegando na fase final, os jogos de ida e volta, no sistema mata –mata, vão começar!

Modelo instinto no campeonato masculino, os confrontos prometem grandes emoções. Os oitos primeiros colocados na tabela vão se enfrentam em quatro duelos. Veja como ficaram os confrontos: Corinthians (1º) x Avaí Kindermann (8º), Palmeiras (2º) x Grêmio (7º), São Paulo (3º) x Internacional (6º) e Santos (4º) x Ferroviária (5º).

A final do ano passado, entre Corinthians e Avaí Kindermann, vai se repetir logo nas quartas. A 15ª rodada, que foi toda disputada na última quinta-feira, 24 de junho, definiu o ranking final das 16 equipes.

A rodada não foi só de glórias, os 4 últimos times da tabela foram rebaixados para a série A2 do feminino. Os últimos da tabela foram: Bahia, Botafogo, Minas Brasília e Napoli.

Vamos conhecer as artilheiras da competição na primeira fase?

Bia Zaneratto – Palmeiras – 13 gols

Bia terminou a primeira fase do campeonato como artilheira isolada do campeonato. Além dos 13 gols, a fera do Palmeiras conta com 8 assistências e uma média de 0.87 gols por Jogo.

Gabi Nunes – Corinthians – 9 gols

Gabi Nunes vem empatada no segundo lugar da artilharia da primeira fase com 9 gols. Além do time ser o atual campeão, o Corinthians se classificou em primeiro lugar para a fase final e é o favorito ao título.

Duda – São Paulo – 9 gols

Também empatada em segundo lugar, a craque do São Paulo fez 9 gols na temporada. O são Paulo se classificou em terceiro lugar na primeira fase.

Laís – Grêmio – 7 gols

A craque do Grêmio fez 7 gols nessa temporada e foi parte importante na classificação do time para as quartas de finais. Caso o time gaúcho passe pelo Palmeiras, e o Inter pelo São Paulo, podemos ter o clássico Grenal na semifinal da competição.

Mariana Santos – Cruzeiro – 7 gols

A bela atuação de Mariana Santos no campeonato, que acabou empatada na terceira posição da artilharia na primeira fase, não foi o suficiente para classificar o Cruzeiro, que acabou amargando a décima primeira posição, ficando apenas 4 pontos acima do rebaixamento.

Laryh – Avaí/Kindermann – 7 gols

Também empatada na terceira posição, Laryh ajudou seu time a garantir a última vaga para as quartas no brasileiro feminino. Para igualar sua campanha do ano passado, e chegar à final, o time terá que dispensar o favorito Corinthians na primeira fase do mata-mata.

Leia também

20 anos sem Didi

20 anos sem Didi

Dia 12 de Maio, há vinte anos, o futebol brasileiro perdia um de seus maiores nomes. Waldir Pereira, mais conhecido...

Quem foi Garrincha?

Quem foi Garrincha?

Pergunta difícil para responder em algumas palavras.  Manoel Francisco dos Santos, mais conhecido como Mané Garrinha,...